Glaucoma - causas, sintomas e tratamentos - Agemed Planos de Saúde Empresarial
Generic filters
Filter by Custom Post Type


Glaucoma – causas, sintomas e tratamentos

padrao_blog - glaucoma

O glaucoma é a principal causa de cegueira permanente do mundo e atinge cerca de 1 milhão de brasileiros, de acordo com a Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG). Trata-se de uma doença que causa danos irreversíveis no nervo óptico – órgão responsável pela captação das imagens enviadas pela retina, que são interpretadas pelo cérebro como cores, formas e tamanhos e permitem que a pessoa enxergue.

Para entender melhor a doença e saber como manter-se protegido, conheça agora as causas, sintomas e tratamentos do glaucoma:

CAUSAS

A principal causa do glaucoma é o aumento da pressão dentro dos olhos, que comprime os vasos sanguíneos que nutrem as estruturas nervosas da retina e do nervo óptico. Estas células morrem por conta da irrigação sanguínea insuficiente e, por conseqüência, reduzem progressivamente o alcance do campo visual do paciente, podendo levar à cegueira permanente. O aumento da pressão ocular é causado, na maioria das vezes, pela drenagem incorreta do humor aquoso, líquido transparente que nutre e preenche os olhos, e que precisa fluir corretamente para manter a pressão intraocular saudável.

O glaucoma também pode ser desencadeado por fatores menos comuns, que envolvem genética e hereditariedade, idade avançada (pessoas acima dos 40 anos são grupo de risco), uso prolongado de corticóides e decorrência de doenças prévias, como diabetes, hipertensão, cataratas, uveítes (inflamação na camada média do olho), entre outros.

SINTOMAS

O glaucoma é considerado uma doença perigosa por ser capaz de evoluir por meses ou anos sem que os sintomas sejam percebidos. O sinal mais característico da doença é a perda gradual da visão periférica, mas também podem ocorrer:

  • Olhos avermelhados, inchados, lacrimejantes e/ou doloridos;
  • Visão embaçada;
  • Sensibilidade à luz;
  • Náuseas e vômitos.

TRATAMENTOS

O glaucoma é uma doença que acompanha o paciente para o resto da vida. Entretanto, existem tratamentos eficazes que retardam o avanço do quadro e praticamente anulam as chances de evolução para cegueira. O importante é diagnosticar a doença nos estágios iniciais e começar o tratamento de imediato, para que a perda visual seja a menor possível.

Os tratamentos para glaucoma são contínuos e têm por objetivo manter a pressão intraocular dentro dos níveis regulares. Colírios, comprimidos e intervenção cirúrgica (nos casos mais avançados) são as opções mais utilizadas.

Todo quadro de glaucoma deve ser acompanhado por um oftalmologista, e qualquer tratamento escolhido precisa ser receitado e administrado por um profissional especializado na saúde ocular.

PREVENÇÃO

A principal forma de se manter prevenido contra o glaucoma é a realização periódica de exames oftalmológicos que verificam os níveis de pressão intraocular, para que qualquer sinal incomum possa ser tratado precocemente.

Apostar em uma dieta rica em vitaminas A, C e antioxidantes é uma boa maneira de se prevenir contra o glaucoma de maneira natural. Ter uma boa rotina de descanso e fazer controle da pressão arterial também ajudam a evitar a doença.

A Agemed oferece cobertura para atendimentos ambulatorial e hospitalar, procedimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos e os atendimentos de urgência e emergência. Faça uma simulação aqui.

Deixe seu comentário